O que é teníase e quais os sintomas da infecção por esse parasita intestinal (Parte 2)

Posted on

São frequentes casos em que várias pessoas ingerem os mesmos alimentos mas apenas algumas ficam doentes, seja pela quantidade ou pela forma com que o organismo reage ao agente infeccioso.

Dicionário de termos utilizados em parasitologia e áreas correlatas Fase Aguda: É aquele período após a infecção em que os sintomas clínicos são mais marcantes (febre alta etc.).
Dicionário de termos utilizados em parasitologia e áreas correlatas Patogenia ou Patogênese: É o mecanismo com que um agente infeccioso provoca lesões no hospedeiro. Em relação ao seu ciclo de vida, é um parasita monoxeno e de infestação passiva, sendo transmitido pela ingestão de água e alimentos contaminados com ovos do verme. Podem ser desta-cados: ● Ancylostoma braziliensis é parasita intestinal de cães e gatos e, quando eventualmente atinge o homem não completa seu ciclo, realizando migrações cutâneas. OBS2: A cisticercose caracteriza-se quando o homem faz o papel de hospedeiro intermediário (do porco) , devido a ingestão de alimentos contaminados por ovos. I. O agente responsável pela doença é o platielminte Taenia solium ou Taenia saginata, cujo hospedeiro é respectivamente um porco ou um boi. As infecções virais podem se manifestar sob duas formas: Infecções agudasO termo infecção aguda indica a produção rápida de vírus seguida da resolução e eliminação rápida da infecção pelo hospedeiro. A giardíase é uma doença causada por um parasita chamado Giardia Lamblia, que utiliza o homem como seu hospedeiro. É provável que as pessoas infectadas porém assintomáticas (situação muito comum), são mais importantes na transmissão do agente do que aquelas pessoas que apresentam diarréia (infecção sintomática).

Os esporozoários compõem um grupo de protozoários parasitas que apresentam a característica de se reproduzir assexuadamente por esporos.Qual é a vantagem desse tipo de reprodução para os protozoários,especialmente os parasitas?Explique.

  • Apenas um dos parceiros beneficia (parasita).
  • O outro parceiro (hospedeiro) pode ou não ser prejudicado, causando doença ou infecção ou infestação.

Hospedeiro Definitivo: quando o parasita está abrigado em sua forma adulta ou em fase reprodutiva, onde ocorre reprodução sexuada.

Formas de disseminação de doenças na população humanaPessoa a pessoa contato direto ou indireto Vetor Reservatório do agente Veículo comum: água e alimentos contaminados 15 Ciclo da Ascaridíase Lombriga (verme) Ascaridíase Teníase A teníase é uma infecção intestinal causada pela fase adulta da Taenia solium e da Taenia saginata. Essa patologia acomete tanto homens quanto mulheres, porém é normal que o homem não apresente sintomas, e quando isso acontece, geralmente são leves. A transmissão e a manutenção de uma doença na população humana são resultantes do processo interativo entre o agente, o meio ambiente e o hospedeiro humano. O ciclo tem início quando o mosquito vetor, durante o repasto sanguíneo, inoculam as formas infectantes do parasita (esporozoítos) no hospedeiro (no caso, o homem). Os proglotes de Taenia sp., também cheios de ovos, podem realizar processo semelhante e são a segunda causa significativa desse sintoma. Agente infeccioso: é o microorganismo (vírus, bactérias, fungos, protozoários, helmintos) capaz de produzir infecção ou doença infecciosa. Fase aguda: é a fase da doença que surge após a infecção onde os sintomas clínicos são mais nítidos (febre alta, parasitemia elevada, etc.). O parasita usa como vetor (agente transportador) um flebótomo (parecido com um mosquito) para chegar ao seu hospedeiro definitivo.

Sarcodíneos parasitas: a infecção importante para o homem é a amebíase

  • Doenças causadas por protozoários
  • Doenças causadas por helmintos
  • Doenças causadas por artrópodes
  • Termos parasitológicos

No Brasil, esta doença é causada pela espécie Schistosoma mansoni e tem como seu hospedeiro definitivo o homem, necessitando de um hospedeiro intermediário, o caramujo, para completar seu ciclo evolutivo.

As doenças possuem ainda um período variável entre o momento de infecção e oaparecimento dos sinais e sintomas da fase aguda o qual é chamado de período deincubação. Vamos usar comoexemplo a Giardia lamblia, agente etiológico da Giardíase, uma infecção intestinal queafeta o homem. O agente biológico que transporta o parasita até o hospedeiro é chamado vetor. Visceral (Toxocara canis) Infecção: O homem se infecta ingerindo água ou alimentos contaminados com ovos contendo L3 e, menos frequentemente, ingerindo carne ou vísceras do hospedeiro paratênico. O hospedeiro definitivo tem potencial de continuar o ciclo da doença, caso suas fezes contaminem a água e alimentos dos hospedeiros intermediários ou de outras pessoas. Como exemplo, a Taenia solium que causa a teníase e vive no intestino humano na fase adulta, parasita o porco na sua fase larval. Na infecção, ocorre a invasão e colonização do organismo hospedeiro por parasitas internos, como helmintos (Taenia saginata) e protozoários (Giárdia, Tripanossomo). Agente causador (etiológico): Entamoeba histolytica1) DOENÇAS CAUSADAS POR SARCODÍNEOS 1.1) Amebíase Agente causador (etiológico): Entamoeba histolytica Ciclo: Homem infectado (Trofozoítos no intestino) Água e alimentos contaminados Cisto nas fezes 3 Agente causador (etiológico): Balantidium coli2) DOENÇAS CAUSADAS POR CILIADOS 2.1) Balantidiose Agente causador (etiológico): Balantidium coli Ciclo: Homem infectado (Trofozoítos no intestino) Água e alimentos contaminados Cisto nas fezes 5

O que é teníase e quais os sintomas da infecção por esse parasita intestinal

  • AÇÃO DOS PARASITOS SOBRE OS HOSPEDEIROS
  • LISTA DAS PRINCIPAIS PARASITOSES HUMANAS
  • PRINCIPAIS VEÍCULOS DE TRANSMISSÃO DE DOENÇAS
  • ASCARIDÍASE

4.2) Malária, Impaludismo ou SezãoAgente causador (etiológico): falciparum Plasmodium vivax malarie Agente transmissor (vetor): Anopheles darling (mosquito prego) Hospedeiros: definitivo mosquito intermediário homem 15

UFMG (modificado) A transmissão de Ascaris lumbricoides e Taenia solium pode ocorrer, respectivamente, pela: a) ingestão de ovos larvados e de alimentos conta-minados por fezes de gatos. ( ) O agente etiológico da doença de Chagas é o tripanossomo, um protozoário, parasita heteroxênico, que pode ser encontrado no hospedeiro vertebrado (mamífero), na forma flagelada e aflagelada. ( ) A cisticercose é contraída pelo ser humano, quando ele assume o papel de hospedeiro intermediário, ao ingerir ovos de Taenia solium presentes em água ou em alimentos. Antes de infectar um hospedeiro humano, o protozoário que causa a malária, denominado Plasmodium, passa as primeiras fases do seu ciclo de vida dentro de um mosquito. c) Trata-se da doença chamada teníase (2), em que os ovos, eliminados nas fezes, contaminam a água de consumo e os alimentos utilizados pelo homem. Entretanto, os casos de infecção pelo T. cruzi têm diminuído graças ás ações de controle do vetor da doença, o Triatoma (vulgarmente conhecido como barbeiro). Morfologia Taquizoíto: Também chamado trofozoíto ou forma livre;Encontrado na fase aguda; Forma proliferativa; Taquizoíto: corpo rápido (reprodução - Endogenia); Foi a primeira forma vista e descrita; 57 Ciclo biológico: heteroxênico patogenia transmissão geralmente, ocorre pela ingestão de ovos presentes nas mãos ou em alimentos contaminados. Principais doenças causadas por protozoários 1) doença de chagas – agente etiológico: trypanosoma cruzi (ciclo heteroxênico) – hospedeiro intermediário /vetor: barbeiro.

Ciclo de vida da doença de chagas

[continue lendo sobre Doença de Chagas] É causada pelo protozoário Giardia lamblia, encontrado forma cística em alimentos e na água contaminada.

No Homem, os sintomas mais comuns ocorrem na fase aguda: dores abdominais, febre, hepatomegalia, eosinofilia e anemia. Para ter cisticercose, precisamos ingerir os ovos (que seria, no ciclo normal, a fase em que o porco seria o hospedeiro). DOENÇA METAXÊNICA Parte do ciclo de um parasito se realiza no vetor, ou seja, o vetor não só transporta, mas é elemento obrigatório para maturação e/ou multiplicação do agente. Apesar disso, mais da metade dos gatos com sintomas apresentam tosse e dificuldade respiratória, que podem ser confundidas com doenças mais comuns do sistema respiratório nessa espécie, como asma. Reprodução O ciclo biológico apresenta uma fase parasitária de aproximadamente 21 dias na qual passa pelos instares de larva, ninfa e adulto, todos em um único hospedeiro. O ciclo de transmissão da dengue se inicia quando o mosquito Aedes aegypti, vetor da doença no Brasil, pica uma pessoa infectada. Ciclo evolutivo: Heteroxênico Transmissão: Ingestão de ovos Patogenia e quadro clinico: Localizações mais freqüentes dos cistos hidáticos: - fígado 70%, pulmões 30%, músculos 6%, baço 2 %, cérebro 1% e ossos 1%. Agente infeccioso: Parasito, sobretudo, microparasito, inclusive helmintos, capazes de produzir infecção ou doença infecciosa. Ciclo vital de Plasmodium vivax, mostrando as várias formas do protozoário no organismo do mosquito e no homem. Por exemplo: O Tripanosoma cruzi é um protozoário, o agente etiológico da doença de chagas, encontrado em animais domésticos como cães e gatos e em animais silvestres, como no tatu. Tricomoníase é um tipo de infecção da vagina e do pênis, sendo uma doença sexualmente transmissível que pode ser tratada e que não causa problemas de saúde mais sérios. PATOGENIA DA AMOEBA: Fatores do parasito: Fatores do hospedeiro CLINICA DA AMEBIASE: A doença e o resultado da infecção causada pela E. histolytica.