Sarcodíneos parasitas: a infecção importante para o homem é a amebíase (Parte 2)

Posted on

Causadas especialmente pela falta de saneamento básico e hábitos de higiene, os vermes geralmente se alojam nos intestinos, mas podem abrigar-se também em órgãos, como o fígado, pulmões e cérebro.

A contaminação ocorre por meio da ingestão dos ovos infectantes do parasita, procedentes do solo, água ou alimentos contaminados com fezes humanas. A infecção pode ser adquirida pela ingestão de água proveniente da rede pública, com falhas no sistema de tratamento, ou águas superficiais não tratadas ou insuficientemente ratadas (só por cloração). Teníase/cisticercose A teníase é provocada pela presença da forma adulta da Taenia solium ou da Taenia saginata, no intestino delgado do homem. Quando o homem ingere, acidentalmente, os ovos de T. solium, adquire a cisticercose. Algumas doenças causadas por parasitas ocorrem através de vetores, que são organismos que podem estar infectados com o parasita e que serão responsáveis por transmiti-lo ao hospedeiro final. Isso ocorre uma vez que essas condições favorecem a multiplicação dos parasitas e dos vetores e tornam o hospedeiro mais suscetível à infecção. Mais de 60 mil espécies são conhecidas, sendo que dessas, cerca de 10 mil espécies causam doenças em diversos animais e algumas centenas delas acometem os seres humanos. Quando uma pessoa ingere, acidentalmente, ovos de tênia em água ou alimentos infectados, ela adquire uma doença diferente: a cisticercose. Esses papeis distintos do homem no ciclo de vida do parasita determinam diferentes quadros clínicos, ambos podendo ser causados pelo mesmo organismo.

Apresentação em tema: “Principais Grupos de Protozoários e Metazoários em que há Parasitos do Homem ou seus Vetores Prof. Ricardo Laino.“— Transcrição da apresentação:

  • Tênias,
  • Oxiúros,
  • Ancilostomídeos,
  • Ascaris lumbricoides, etc.

Por exemplo, um parasita pode causar diarreia, mas também pode causar outras complicações.

Dependendo da forma que você contrai o parasita, pode causar teníase ou cisticercose. Quando questionados, os alunos disseram que uma forma de tratar a infecção por parasitas seria impedir que o verme absorvesse nutrientes do hospedeiro. Os parasitas podem ser classificados da seguinte forma: - Parasitas Completos: vivem no hospedeiro durante a vida toda. No caso da infeção por Ascaris lumbricoides, podem ocorrer também queixas inespecíficas de dor ou desconforto abdominal e sintomas de malabsorção quando a infeção é prolongada. A leishmaniose é uma doença dos cães provocada por um parasita protozoário (leishmania), que invade diversos órgãos, causando lesões de diversa extensão/gravidade e que pode até provocar a morte. LISTA DAS PRINCIPAIS PARASITOSES HUMANAS A lista com onde se alimenta do conteúdo intestinal do homem e pode se locomover facilmente seres podem causar danos e consequências bem complicadas para nós, humanos, e aqui já falamos sobre eles diversas vezes, como você pode ver clicando aqui e aqui. Esse parasita é marcante porque pode chegar a incríveis 6 metros de comprimento dentro do corpo humano sem a pessoa nem perceber.

FAO divulga lista de parasitas em alimentos e conselhos para evitar contágio

  • Causar inquietação,
  • Perturbar o sono.

Esta é a doença mais grave entre as duas e é causada somente pela Taenia solium, podendo atacar músculos, olhos e o cérebro, gerando convulsões, dores ou até morte.

Ela ocorre quando as larvas do parasita se infiltram na corrente sanguínea a partir do intestino, migrando para as outras partes do corpo. Esse parasita causa uma infecção severa que pode culminar em sintomas como febre, diarreia, dores abdominais, vômito e até problemas cardiorrespiratórios fatais. Após isso, o parasita pode atingir até 3 milímetros de comprimento, e as fêmeas se deslocam pelas correntes sanguíneas até se instalarem nos músculos, onde vão causar os sintomas descritos. Esse parasita habita o intestino grosso dos infectados e pode causar a doença chamada tricuríase. A principal forma de contrair esse parasita é pelo contato com fezes humanas contaminadas com ovos. As cerca de 1,5 bilhão de pessoas infectadas com lombriga fazem da infecção causada por este parasita a mais comum do mundo. O início da contaminação acontece no intestino, quando os ovos se tornam larvas e, a partir daí, se alastram por outros órgãos por meio da corrente sanguínea. O contágio depende totalmente da água: esse invertebrado se hospeda antes num caramujo, muito comum em rios e lagos, locais utilizados pelo homem para tomar banho e se refrescar. Quando ainda é uma larva, viaja pelo corpo até chegar ao intestino delgado, onde cresce, se reproduz e libera os filhotes junto com as fezes.

A nova lista de agentes nocivos e atividades que podem dar direito ao benefício da aposentadoria especial estão no Anexo IV do Decreto 304899.(confira a lista logo abaixo)

  • Ascaris lumbricoides,
  • Tênias,
  • Cestódeos.

Nós seres humanos, existem dois tipos de parasitas intestinais que podem viver no intestino: Alguns permanecem no intestino, outros saem e invadem os órgãos vizinhos.

A maioria das tênias e ascaris lumbricoides (Família de nematóides) crescem no corpo humano e põem seus ovos no intestino. Quando os vermes parasitas helmintos entram no estágio adulto, não podem se multiplicar no corpo humano, mas liberam seus ovos no intestino que são excretados nas fezes do hospedeiro. Os parasitas podem irritar os intestinos e podem causar: Isso pode causar dor durante as evacuações. Os gases intestinais e a barriga inchada podem ser causados por muitas coisas, mas eles também são sintomas de um parasita intestinal. Informações sobre os parasitas (características principais) Eles são considerados agressores, pois prejudicam o organismo hospedeiro através do parasitismo. O parasita pode viver muitos anos em seu hospedeiro sem lhe causar grandes malefícios, ou seja, sem prejudicar suas funções vitais. Transmissão de parasitas Eles podem ser transmitidos entre os seres humanos através do contato pessoal ou do uso de objetos pessoais. Podem também ser transmitidos através da água, alimentos, mãos sem a devida higienização, poeira, através do solo contaminado por larvas, por hospedeiros intermediários (moluscos) e por muitos outros meios. Os cientistas que atuam nesta área estudam o ciclo de vida dos parasitas, doenças transmitidas, formas de combate aos parasitas humanos, genética e morfologia destes seres.

Verme parasita encontrado na carne de porco pode dar origem a neurocisticercose, a mais comum das parasitoses no cérebro.

O consumo de animais é o denominador comum do círculo vicioso que perpetua algumas das principais infecções parasitárias em humanos.

Parasita Brugia malayi (verme): causador da Filaríase O que é são parasitas Os parasitas são seres vivos que extraem de outros organismos os recursos necessários para a sua sobrevivência. Principais parasitas humanos e doenças que causam: - Entamoeba histolytica É um protozoário causador da amebíase. Ciclo da Ascaridíase Lombriga (verme) Ascaridíase Teníase A teníase é uma infecção intestinal causada pela fase adulta da Taenia solium e da Taenia saginata. O parasito também pode ser ingerido com água ou alimentos contaminados, o que facilita o seu ciclo. Esta lista do “Top Ten” dos parasitas nos alimentos foi ontem apresentada pela FAO. Vinte e dois países foram estudados e, desse trabalho, uma lista de 93 parasitas foi desenvolvida. Com a progressão da doença, pode ocorrer acúmulo de líquido na cavidade abdominal; por isso, essa doença é também conhecida pelo nome de barriga d’ água. Por meio do sangue, essas larvas chegam ao intestino, crescem e se tornam vermes adultos que se acasalam e podem reiniciar o ciclo. Na teníase, o ser humano é o hospedeiro definitivo do verme, mas há também um hospedeiro intermediário: o da Taenia solium é o porco, e o da Taenia saginata. o boi A solitária é um verme parasita do intestino humano. Veja também: A lombriga é um nematelminto que tem cerca de 20 centímetros de comprimento e é um dos principais parasitas do intestino humano. As fêmeas adultas, alojadas no intestino humano, depositam milhares de ovos, e alguns deles são eliminados pelas fezes. No interior do corpo humano — no intestino — cada um desses ovos se torna uma larva que fura a parede intestinal atingindo a circulação sanguínea. O oxiúro é um pequeno verme que vive no final do intestino grosso dos seres humanos e podem causar inflamações nessa parte do intestino grosso. Essas larvas vão para o intestino, onde se alojam até a fase adulta, quando então se reproduzem, perfuram a parede do intestino humano e aí permanecem, alimentando-se de sangue. A transmissão ocorre pela ingestão de ovos do parasita, nos quais se formam larvas que perfuram a parede do intestino e penetram na circulação. Observe na figura abaixo o ciclo de vida da esquistossomose A cisticercose é uma das verminoses mais perigosas que o ser humano pode desenvolver.